Compartilhar, , Google Plus, Linkedin, Whatsapp,

Imprimir

Publicado em

Idosos LGBTs relembram repressões sofridas na ditadura militar

Abusos físicos, sexuais, perseguições, censura e humilhações: Anyky, Martinha, João Nery, João Silvério e Yone compartilham histórias vividas durante o período do golpe militar no Brasil


Idosos LGBTs relembram repressões sofridas na ditadura militar
Martinha mostra cicatriz, resultado de violência policial durante a ditadura militar: ‘A gente ia comprar uma carne no açougue de manhã, a polícia via e levava’. (Foto: Karol Azevedo)

Quais lembranças você guarda da ditadura militar no Brasil? Para aqueles que nasceram após 1985, o conhecimento sobre o regime instaurado no país em 1964 vem de livros de histórias, notícias e de relatos de quem sofreu na pele toda a repressão do período. Para encerrar a série “LGBT+60: Corpos que Resistem”, o #Colabora separou alguns depoimentos dos entrevistados sobre os terríveis anos de chumbo no país. Anyky, Martinha, João Nery, João Silvério e Yone Lindgren são idosos que resistiram e sobreviveram em meio aos abusos físicos, sexuais, perseguições e humilhações da ditadura. Muitos perderam amigos, outros ainda carregam no corpo marcas da violência sofrida em anos de intolerância.

Veja no vídeo abaixo:

Clique aqui para assistir a todos os episódios da série


Escrito por Yuri Fernandes

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora, é mineiro de Ipatinga. Sempre sonhou em morar no Rio de Janeiro e realizou seu desejo em 2014 ao passar para o programa de estágio da TV Globo. Trabalhou nas redações do "Bom Dia Brasil", do "Jornal Nacional" e do "EGO". Tem grande interesse em pautas de inclusão social e diversidade de gênero. Acredita que o jornalismo pode e deve ser usado como forma de combater a opressão a minorias. Cresceu vendo novelas e sempre manteve essa paixão viva.

24 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *