Cidades Verdes: laboratório de ideias nos 10 anos do projeto

Com o tema ‘ESG na Construção de Cidades Sustentáveis', evento reúne especialistas em busca de melhorias na qualidade de vida das metrópoles

Por #Colabora | ODS 11 • Publicada em 3 de julho de 2022 - 11:16 • Atualizada em 4 de julho de 2022 - 10:02

Compartilhe

Um laboratório de ideias para reunir, debater e propor caminhos na construção de metrópoles sustentáveis: com este objetivo e o tema ‘ESG na Construção de Cidades Sustentáveis”, o projeto Cidades Verdes comemora 10 anos, nesta terça, dia 5 de julho, das 8h30 às 18h, com um seminário no Centro de Convenções da Firjan, no entro do Rio, para debater temas fundamentais: mudanças climáticas, saneamento, mobilidade e energia. “Será um evento com o que existe de mais contemporâneo na agenda do desenvolvimento sustentável”, afirma André Esteves, diretor do Onda Azul, idealizador e coordenador da edição comemorativa. “E com a preocupação para que o tema não seja banalizado”.

Leu essa? Cidades x Natureza: o desafio de tornar uma vilã ambiental em parte da solução

O projeto Cidades Verdes foi idealizado pelo ambientalista Alfredo Sirkis, falecido no ano passado, que será homenageado n evento organizado pelo Instituto Onda Azul, em parceria da Firjan e da BandNews, e o apoio da Coppe-UFRJ, ANAMMA, C40 e ICLEI. “A academia, sociedade civil, iniciativa privada e o poder público precisam conversar – e é isso que vamos fazer. Tamanho conhecimento não pode ficar restrito a seus próprios núcleos”, acrescenta André Coelho. “A indústria sabe que precisa estar atenta aos impactos gerados pelos seus negócios. Tanto no estado do Rio de Janeiro, no Brasil e no mundo”, aponta Jorge Peron, gerente de sustentabilidade da Firjan.

A primeira mesa redonda – ‘Mudanças Climáticas: Cidades para a Defesa do Clima’ – terá a participação de Luciano Paez (secretário do Clima de Niterói), Andrea Lopes (Firjan), Clarisse Linke (ITDP) e Andrea Santos (Coppe) que vão falar sobre caminhos já encontrados para a mitigação dos problemas causados pela elevação da temperatura do planeta, com mediação da jornalista Sônia Araripe.

A segunda mesa, reunindo Gesner Oliveira (FGV), Aspásia Camargo (socióloga e ex-deputada), Leonardo Soares (Cedae) e Marilene Ramos (Águas do Brasil), debaterá ‘Saneamento e Gestão de Resíduos: Fortalecendo a Resiliência das Cidades’. A mediação é do jornalista e ambientalista Emanuel Alencar.

Já o tema ‘Mobilidade Urbana, Movimentando as Cidades’, na Mesa 3, trará Andrea Santos (Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas), Clarisse Link (ITDP), Maína Celidonio (secretária municipal de Transportes do Rio de Janeiro) e Richele Cabral (Fetranspor) na busca por caminhos que aumentem a circulação das pessoas sem que exploda o consumo de energia fóssil, em painel com mediação de Giane Gatti.

O último mesa debaterá ‘Diversificando a Energia das Cidades’, com Amanda Schutze (PUC-RJ), Rafael Kelman (PSR), Kevin Alix (Engie) e Solange Ribeiro (NeoEnergia) analisando as alternativas para a geração de energia, com mediação da jornalista Cristina Serra. O encerramento do evento estará a cargo de Ilan Cuperstein, vice-diretor para a América Latina da Rede C40 Cities Climate Leadership Group, onde apoia as 12 cidades membro da região em diversos programas relacionados à mobilidade, planejamento urbano, energia, resíduos, adaptação às mudanças climáticas e finanças sustentáveis.

#Colabora

Texto produzido pelos jornalistas da redação do #Colabora.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.