Você sabe o quanto de água tratada é desperdiçada no mundo?

Em novo vídeo, Agostinho Vieira, editor do #Colabora, alerta: 'As pessoas ainda tratam a água como se ela nunca fosse faltar, mas acredite, ela falta'

Por Agostinho Vieira | Vídeo • Publicada em 19 de novembro de 2019 - 16:33 • Atualizada em 17 de fevereiro de 2020 - 19:55

Compartilhe

Desperdício de água

Você já parou para pensar quantos litros de água são necessários na produção de um único Smartphone? E de uma calça jeans? Para se ter uma ideia, no mundo, de toda água captada, tratada e distribuída – por um custo cada vez mais alto – o desperdício é da ordem de 30%. Em algumas regiões, 40% vão, literalmente, para o ralo. Os números são altos e Agostinho Vieira, editor do Projeto #Colabora, alerta no vídeo: “mesmo com tanta informação, as pessoas ainda tratam a água como se ela nunca fosse faltar, mas acredite, ela falta”. E com o aumento da população mundial e do consumo, existe uma pressão ainda maior no uso da água, seja na agricultura, na indústria ou no uso doméstico. O que fazer então diante desse cenário? Confira no vídeo acima!

Veja também:

Agostinho Vieira

Formado em Jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ. Foi repórter de Cidade e de Política, editor, editor-executivo e diretor executivo do jornal O Globo. Ainda na Infoglobo, empresa que administra os jornais O Globo, Extra e Valor Econômico, exerceu por oito anos a função de diretor executivo de Negócios. Também foi diretor do Sistema Globo de Rádio e da Rádio CBN. Ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo, em 1994, e dois prêmios da Society of Newspaper Design, em 1998 e 1999. Tem pós-graduação em Gestão de Negócios pelo Insead (Instituto Europeu de Administração de Negócios) e em Gestão Ambiental pela Coppe/UFRJ. Atualmente é Editor Chefe do Projeto #Colabora.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *