‘Regeneração já’: Ailton Krenak fará palestra de abertura de fórum online

O líder indígena e ativista socioambiental Ailton Krenak abre a primeira noite no Maps Fórum 2021 com o tema “Regeneração já! Um passo além da sustentabilidade” (Foto: Divulgação)

Crise climática é um dos temas abordados pelo líder indígena, ativista socioambiental e influente pensador da atualidade; inscrições para evento virtual em setembro estão abertas

Por Carla Lencastre | Conteúdo de marca • Publicada em 26 de agosto de 2021 - 18:16 • Atualizada em 23 de setembro de 2021 - 13:43

Compartilhe

O líder indígena e ativista socioambiental Ailton Krenak abre a primeira noite no Maps Fórum 2021 com o tema “Regeneração já! Um passo além da sustentabilidade” (Foto: Divulgação)

“Se enxergamos que estamos passando por uma transformação, precisamos admitir que nosso sonho coletivo de mundo e a inserção da humanidade na biosfera terão que se dar de outra maneira. Nós podemos habitar este planeta, mas deverá ser de outro jeito. Senão, seria como se alguém quisesse ir ao pico do Himalaia, mas pretendesse levar junto sua casa, a geladeira, o cachorro, o papagaio, a bicicleta”, diz Ailton Krenak em um dos textos de A vida não é útil (Companhia das Letras). Ativista socioambiental, líder indígena e um dos mais influentes pensadores da atualidade, Krenak abrirá o Maps Fórum 2021. Com o tema Regeneração Já! Um passo além da Sustentabilidade, o evento virtual será realizado de 14 a 16 de setembro.

As inscrições estão abertas e os ingressos custam R$ 50. O fórum não tem fins lucrativos: a renda arrecadada será destinada a ações socioambientais de base comunitária da Maps pelo Projeto Colmeia, no Sul da Bahia. A Maps e o Projeto Colmeia ficam em Santo André, vilarejo com pouco mais de 800 habitantes em uma Área de Proteção Ambiental, a APA de Santo Antônio, que se estende por 23 mil hectares no litoral baiano entre Santa Cruz Cabrália e Belmonte. O #Colabora é um dos patrocinadores do Maps Fórum 2021.

Ingressos: Faça aqui a sua inscrição para assistir ao Maps Fórum 2021

Como será a abertura do evento

Criado por Carla Mott Ancona, fundadora e coordenadora geral da Maps e do Projeto Colmeia, o fórum vai apresentar histórias de práticas regenerativas de escritores, pensadores e pesquisadores que, com suas iniciativas, deixam um impacto positivo no Brasil. A abertura do evento, em 14 de setembro, às 19h, tem como tema Interser, um conceito do budismo que fala sobre a interdependência de todos os seres do universo. O fórum vai mostrar como a reconexão do ser humano com a natureza é fundamental para termos um mundo mais justo.

“Interser fala de todos os seres, como montanhas, rios, animais e pessoas, trazendo uma nova visão de mundo, com tudo interconectado e interdependente. O planeta não está aqui para nos servir. Para a primeira noite de um fórum sobre regeneração vamos trazer pessoas que falam lindamente sobre o lugar do ser humano na Terra. Como o Krenak, que é uma referência no tema”, diz Carla.

Precisamos admitir que nosso sonho coletivo de mundo e a inserção da humanidade na biosfera terão que se dar de outra maneira. Nós podemos habitar este planeta, mas deverá ser de outro jeito

Ideias para adiar o fim do mundo, livro de Krenak lançado em 2019, já vendeu mais de 50 mil cópias no Brasil e foi traduzido em cinco idiomas. Já A vida não é útil reúne cinco textos, todos adaptados de palestras e entrevistas entre 2017 e 2020. Um deles, O amanhã não está à venda, foi lançado em e-book e está disponível gratuitamente no site da Maps.

Biblioteca Maps: Baixe gratuitamente o texto “O amanhã não está à venda”, de Ailton Krenak

Retratos de Emmanuel Khodja, Monja Waho e Walter Steenbock
Emmanuel Khodja, Monja Waho e Walter Steenbock: palestrantes da primeira noite do Maps Fórum 2021 (Fotos: Divulgação)

Quem mais vai falar na primeira noite

Depois do início com Ailton Krenak, a noite do Interser terá um painel aberto para perguntas de quem estiver assistindo ao evento. A mesa virtual reunirá a Monja Waho, conhecida por promover encontros de meditação em espaços públicos nas ruas de São Paulo, como praças e saídas do metrô; Emmanuel Khodja, coordenador da Gaia Education no Brasil e fundador em 2007 da ecovila Terra Una, na Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais, e o engenheiro agrônomo Walter Steenbock, autor de Agroflorestando o mundo do facão ao trator e do novo A arte de guardar o sol: padrões da natureza na reconexão entre florestas, cultivos e gentes (Bambual Editora). Analista do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Walter é pesquisador de sistemas agroflorestais e trabalha com recuperação de ecossistemas e com regeneração para produção de alimentos.

Carla explica por que escolheu cada um deles: “A Monja Waho é zen-budista, já coordenou retiros de meditação na rua, como no vão do Museu de Arte de São Paulo, o Masp, e o budismo traz uma visão do ser humano em nível de igualdade com todos os seres. O Manu criou uma das primeiras ecovilas do Brasil e é coordenador do Gaia Education Brasil, referência mundial na formação de líderes para design em sustentabilidade, e o Walter fala sobre a pedagogia da reconexão, os padrões da natureza. Aqui em Santo André, por exemplo, as pessoas têm a crença que não adianta plantar porque as coisas não nascem. No mercadinho da vila não há frutas daqui. Vem tudo do Espírito Santo, que tem a mesma Mata Atlântica e o mesmo clima. Estou plantando, faço serrapilheira e compostagem, tenho minhocário. Interser é recuperar e reposicionar o ser humano no papel de filho da terra.”

Maps Fórum 2021: Veja a programação completa

Conheça os palestrantes de 15 e 16 de setembro

O evento organizado por Carla Mott Ancona está em sua segunda edição virtual. O tema da segunda noite, 15 de setembro, é Comunidades e empresas que regeneram. Tania Cosentino, presidente da Microsoft Brasil, fará a apresentação inicial. O painel, sempre com tempo para perguntas, terá a participação de Lia Andrade, líder da comunidade Vila Nova Esperança, na Zona Oeste de São Paulo, uma das favelas mais verdes do Brasil; do especialista em energias renováveis Fabio Beneduce, coordenador do Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado (Iteva), do Ceará, e do jornalista Rodrigo Cunha, do Humano de Negócios.

A última noite, em 16 de setembro, com o tema Regeneração já!, começará com José Rebello, criador do Centro de Pesquisa em Agricultura Sintrópica (Cepeas) e autor junto com Daniela Sakamoto do livro Agricultura sintrópica segundo Ernst Götsch. Em seguida, o painel será dedicado a Santo André, sede da Maps e do fórum. Serão detalhadas as iniciativas socioambientais do Projeto Colmeia, da Maps, e apresentados o novo Projeto Arimuguê, de agricultura familiar/regenerativa e meliponicultura; o Projeto Maré, de proteção às tartarugas-marinhas, e a Amasa, a Associação de Moradores e Amigos de Santo André. A mediação será da jornalista Lea Penteado, moradora da região, com apresentação do permacultor Bento Cruz.

Leu essa? Saiba mais sobre a Maps e o Projeto Colmeia

Atualização: Todas as 14 palestras do Maps Fórum 2021 estão disponíveis no canal do YouTube da Maps Eco.

Assista ao Maps Fórum 2021 pelo YouTube

A primeira noite do evento, com Ailton Krenak

Carla Lencastre

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), trabalhou por mais de 25 anos na redação do jornal O Globo nas áreas de Comportamento, Cultura, Educação e Turismo. Editou a revista e o site Boa Viagem O Globo por mais de uma década. Anda pelo Brasil e pelo mundo em busca de boas histórias desde sempre. Especializada em Turismo, tem vários prêmios no setor e é colunista do portal Panrotas. Desde 2015 escreve como freelance para diversas publicações, entre elas o #Colabora e O Globo. É carioca e gosta de dias nublados. Ama viajar. Está no Instagram em @CarlaLencastre 

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.