‘Reload’ estreia no Canal Futura: série descomplica notícias e democratiza a informação

Toda semana, episódios de 13 minutos com reportagens feitas por jovens para jovens. Tawane Theodoro e Júnior Silva são os apresentadores (Foto: Divulgação)

Programa, que estreia no próximo dia 3, reúne conteúdo do #Colabora e de mais nove instituições jornalísticas digitais. Reportagens usam linguagens como clipes e animações para tratar de temas atuais.

Por #Colabora | ODS 16 • Publicada em 30 de agosto de 2021 - 09:19 • Atualizada em 1 de setembro de 2021 - 08:22

Compartilhe

Toda semana, episódios de 13 minutos com reportagens feitas por jovens para jovens. Tawane Theodoro e Júnior Silva são os apresentadores (Foto: Divulgação)

O Canal Reload desembarca no Canal Futura trazendo notícias feitas por jovens e para jovens. A iniciativa, que reúne conteúdo produzido na web por dez organizações jornalísticas independentes e premiadas, estreia como jornalístico no Futura no próximo dia 3 de setembro, às 21h, com a missão de “descomplicar” as notícias e democratizar a informação, utilizando linguagens que falam diretamente aos jovens, como clipes, animações e poesia slam. A série também pode ser assistida no canal do Futura no YouTube e pelas plataformas Globoplay e Canais Globo.  

Leu essa? Diversidade é a cara do Reload, canal com notícias em formatos inovadores

O Reload produz conteúdo a partir das reportagens e checagens do #Colabora e de mais nove organizações jornalísticas, que juntas acumulam mais de 100 prêmios nacionais e internacionais: Agência Lupa, Agência Pública, Amazônia Real, Congresso em Foco, Énois, Marco Zero Conteúdo, O Eco, Ponte Jornalismo e Repórter Brasil.  

Em oito episódios, comandados pelos apresentadores Tawane Theodoro e Júnior Silva, Reload vai abordar temas atuais. O episódio de estreia, que conta a origem do Reload, dá dicas para identificar as fake news e evitar a disseminação de informações falsas. No segundo, o tema é educação e o combate à evasão escolar, levantando as dificuldades que os alunos e professores enfrentam no dia a dia. No terceiro episódio o foco são os direitos LGBTQIA+ e suas principais pautas e lutas, além de explicar como a sociedade pode contribuir para esta causa.  

Já o quarto episódio é marcado pelo tema racismo estrutural e as iniciativas de valorização das identidades não-brancas. No quinto, os povos indígenas são o assunto do programa, que convida o público a uma viagem no tempo para conhecer a história de resistência dos povos originários do Brasil, as ameaças que essa população sofre hoje em dia e as principais pautas e movimentos indígenas do país.  

Tanto o Reload quanto o Futura prezam por temas que são também muito caros a esse público: diversidade, respeito aos direitos humanos e informação rápida e de qualidade

Sofia Amaral
Produtora executiva da série

A política será abordada no sexto episódio, com o intuito de descomplicar as funções de cada grupo político e reforçar a importância da democracia no país. Outro tema urgente tratado pelo Reload será o Brasil e o meio ambiente. Quando o assunto é sustentabilidade ainda há muito para entender, e, no sétimo episódio, os apresentadores vão explicar quem são os principais envolvidos na destruição do meio ambiente e como é possível provocar uma mudança pautada na preservação. Para encerrar a temporada de maneira leve, o último episódio traz histórias inspiracionais, para mostrar que o mundo pode ser um lugar melhor.  

O material do Canal Reload é distribuído no Instagram e Youtube e, com a chegada ao Futura, amplia sua presença digital também para a TV, tornando-se ainda mais acessível. O canal foi a primeira iniciativa em que organizações de jornalismo se juntaram em uma redação compartilhada para transformar seus conteúdos de reportagens em vídeo e outros formatos mais aderentes às novas gerações na internet. Surgiu após vencer o Google News Innovation Challenge em 2019, projeto do Google News Initiative para ajudar o jornalismo a prosperar na era digital.

“Levar o Reload para o Canal Futura foi desafiador e instigante, já que o ‘habitat natural’ do Reload é a internet. Foi muito bacana pensar esse conteúdo também para a televisão, embora hoje em dia todas as telas se misturem, como prova a própria transmissão do programa: na TV, no Youtube e no Globoplay”, conta a produtora executiva da série, Sofia Amaral. “Para o nosso público, isso é absolutamente natural: é uma geração multitelas, acostumada a consumir conteúdo em várias plataformas diferentes, e sempre muito ligada ao conteúdo audiovisual. E é aí que começa essa grande sinergia entre o Reload e o Futura: o desejo de falar diretamente com os jovens e oferecer conteúdo pensado pra eles. Além disso, tanto o Reload quanto o Futura prezam por temas que são também muito caros a esse público: diversidade, respeito aos direitos humanos e informação rápida e de qualidade”, completa.

Você pode encontrar os conteúdos do Reload no Instagram, no Twitter e também no YouTube

CANAL FUTURA  

Reload
Estreia: 3 de setembro (sexta-feira), às 21h.
Episódios: toda sexta-feira às 21h, com reapresentações às segundas às 9h; quartas às 18h e domingos às 17h15m.  

#Colabora

Texto produzido pelos jornalistas da redação do #Colabora.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *