Compartilhar, , Google Plus, Linkedin, Whatsapp,

Imprimir

Publicado em

Listamos oito lojas para você comprar a granel no Rio

Saiba como você pode reduzir a produção de lixo da sua casa utilizando medidas simples e eficazes no dia a dia


Celeiro do Granel oferecemos embalagens de papel para os clientes de maneira prática e gratuita ou indicamos que os próprios levem sua embalagem (Foto: Divulgação)
O Celeiro do Granel oferece embalagens de papel para os clientes, mas sugere que eles mesmos levem suas embalagens (Foto: Divulgação)

Uma das maneiras mais eficazes de reduzir a produção de lixo de uma casa é diminuir o consumo de embalagens. E aí o bom e velho consumo a granel volta à cena como uma alternativa sustentável. Mas não vale ir à loja e comprar grãos, temperos ou frutas cristalizadas e colocar as compras naquele clássico saquinho plástico, muito comum na seção de hortifruti. Se a ideia é diminuir os resíduos, vale o esforço de levar para a loja os potes onde você pretende acondicionar os produtos ou até mesmo saquinhos de pano, que já estão sendo feitos especialmente para isso e podem ser encontrados à venda em sites como Elo7 e Mercado Livre.

Achou muito complexo ou trabalhoso? Saiba que há lojas que, pensando no meio ambiente e neste consumidor atento à sustentabilidade, disponibilizam saquinhos de papel, uma alternativa bem menos poluente. E se você ainda está em dúvida sobre o real custo X benefício de chegar e pedir 200 gramas de um produto em vez de levar o saco pronto disponível no supermercado, lembre que, ao comprar a quantidade mais aproximada da sua necessidade, você diminui o desperdício de comida, e, claro, mais uma vez, reduz a produção de lixo. E também não joga dinheiro fora…

A seguir, listamos sete estabelecimentos no Rio onde é possível comprar a granel.

1-) A Colheita

No Instagram, o espaço se define como mercadinho de bairro, independente, que não abre mão da comida de verdade, justa e local. Localizada em Botafogo, na Rua São João Batista esquina com a Real Grandeza, A Colheita tem de diversos tipos de feijão, grão de bico, e uma variedade grande de arroz a granel. Há também legumes, frutas e verduras orgânicas. Sacolas e embalagens de plástico não têm vez na casa, que oferece sacolas de papel kraft a R$ 1,00 ou sacolas comunitárias (qualquer um pode deixar sacolas que estão sobrando em casa para alguém que eventualmente esqueceu). Para levar os cereais, por exemplo, há potes de vidro, que podem ser adquiridos por R$ 1,75 (268ml), ou saquinhos de algodão PET (R$ 5,oo o tamanho P).

A Colheita: mercadinho em Botafogo aboliu sacolas e embalagens plásticas (Foto: Fernanda Baldioti)
A Colheita: mercadinho em Botafogo aboliu sacolas e embalagens plásticas (Foto: Fernanda Baldioti)

2-) Celeiro do Granel

Lançado em maio no Shopping Metropolitano, na Barra da Tijuca, o Celeiro do Granel não utiliza embalagens plásticas em seus produtos e nem mesmo unitárias. Para levar os grãos, cereais, frutas secas e alimentos em pó que o espaço comercializa, os clientes podem levar seus próprios recipientes ou utilizar as embalagens de papel fornecidas gratuitamente pela casa. Além dos produtos a granel, a loja vende ainda produtos reutilizáveis, como o copo retrátil Menos 1 lixo, canudo de vidro e paninhos de cera de abelha, um substituto para o plástico filme. Confira a lista completa de produtos à venda no site.

O Celeiro do Granel não utiliza embalagens plásticas em seus produtos e nem mesmo unitárias (Foto: Divulgação)
O Celeiro do Granel não utiliza embalagens plásticas em seus produtos e nem mesmo unitárias (Foto: Divulgação)

3-) Casas Pedro

Uma das mais conhecidas lojas de produto a granel da cidade, a Casas Pedro conta com mais de 20 categorias de produtos a granel, dentre elas oleaginosas, frutas Secas, temperos e condimentos, aperitivos e grãos. Ao #Colabora, foi informado que, em relação às embalagens, “incentivamos os clientes a reutilizarem as embalagens dadas na loja ou a trazerem suas próprias embalagens de casa. A tara do recipiente é aferida, e a pessoa paga apenas pelo que está levando para casa. Além disso, estamos com a exposição de sacolas de check-out retornáveis de tecido e estudando a oferta de sacos de panos para os clientes”. Confira aqui o endereço de todas as lojas.

Casas Pedro: um dos estabelecimentos mais tradicionais do Rio quando o assunto é compra a granel (Foto: Divulgação)
Casas Pedro: um dos estabelecimentos mais tradicionais do Rio quando o assunto é compra a granel (Foto: Divulgação)

4-) Veg+

Com lojas em Copacabana, no Leblon e na Barra da Tijuca, a Veg+ tem uma extensa gama de produtos disponíveis a granel: arroz cateto, feijão azuki, grão de bico e ervilha partida são alguns deles. A casa, que ainda utiliza sacos plásticos para embalar os produtos, informou ao #Colabora que “está em estudo à procura de uma nova embalagem, com a possibilidade ser retornável, para não haver desperdício”. Saiba mais no site.

Veg+: arroz e feijão entre os itens à venda a granel (Foto: Divulgação)
Veg+: arroz e feijão entre os itens à venda a granel (Foto: Divulgação)

5-) Bio Mundo

Com cerca de 600 produtos a granel, as lojas Bio Mundo oferecem frutas secas, oleaginosas, temperos diversos, açúcares, chás e farinhas. No Rio, há unidades localizadas nos bairros de Ipanema, Centro, Botafogo e Copacabana. Segundo a Bio Mundo informou ao #Colabora, hoje são utilizados sacos plásticos para embalar os produtos, “mas já está em fase de análise (escolha) a implantação dos saquinhos de papel”. Saiba mais sobre o estabelecimento no site.

As lojas Bio Mundo têm mais de 600 variedades de produtos a granel (Foto: Divulgação)
As lojas Bio Mundo têm mais de 600 variedades de produtos a granel (Foto: Divulgação)

6-) Mercearia da Praça

Misto de bar, restaurante, empório e mercadão, o espaço fica no coração de Ipanema, bem de frente para a Praça General Osório. Lembra muito uma tasca portuguesa e reúne, em um mesmo ambiente, diferentes atmosferas. Os embutidos, queijos, molhos, antepastos, azeites, grãos, frutas desidratadas, temperos, entre outros, podem ser comprados a granel.

Embutidos, queijos, molhos, antepastos, azeites, grãos, frutas desidratadas, temperos, entre outros, podem ser comprados a granel na Mercearia da Praça (Foto: Divulgação)
Embutidos, queijos, molhos, antepastos, azeites, grãos, frutas desidratadas, temperos, entre outros, podem ser comprados a granel na Mercearia da Praça (Foto: Divulgação)

7-) A La Fruteria

A boutique de frutas e flores em Ipanema tem uma seção de mercearia onde é possível encontrar oleaginosas, farinhas e grãos. Por lá, também é possível encontrar alternativas sustentáveis para diminuição do lixo plástico, como escova de dente de bambu, e os paninhos de cera de abelha, que são ótimos substitutos para o papel filme.

Seção de produtos a granel da La Fruteria (Foto: reprodução Instagram)
Seção de produtos a granel da La Fruteria (Foto: reprodução Instagram)

😎 Tea Shop

Com espaços nos shoppings Leblon, Rio Sul, BarraShopping, Rio Design Barra e uma loja em Ipanema, a marca oferece uma grande variedade de chás a granel. A embalagem é feita em uma embalagem especial de tripla camada (papel de arroz, papel alumínio e camada escura) , ideal para a conservação do chá, e os clientes ganham descontos progressivos de acordo com o tamanho do pacote. A casa também vende latas especiais para o armazenamento dos chás. Mais informações no site.

Tea shop: chá a granel (Foto: Divulgação)
Tea shop: chá a granel (Foto: Divulgação)

Escrito por Fernanda Baldioti

Fernanda Baldioti

Jornalista, com mestrado em Comunicação pela Uerj, trabalhou nos jornais "O Globo" e "Extra" e foi estagiária da rádio "CBN". Há dez anos, trabalha com foco em internet. Foi editora-assistente do site da "Revista Ela", onde se especializou nas áreas de moda, beleza, gastronomia, decoração e comportamento. Também atuou em outras editorias cobrindo política, economia, esportes e cidade.

21 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *