• Publicado em

    Memórias da violência

    (Texto de Cristina Chacel) – As cenas podiam ser de ontem, anteontem, ou mesmo da semana passada, mas tem mais de 20 anos. Perfeitamente atuais, seriam flagrantes de uma cidade que se encontra alarmada, a alma em estado de sítio, com a escalada de uma violência que parece não ter lugar. Mas o que essas […]

    Leia mais