Compartilhar, , Google Plus, Linkedin, Whatsapp,

Imprimir

Publicado em

Gastronomia sem limites

Aula de culinária transforma a vida de jovens com necessidades especiais


Fundado em 1969, o Colégio Eduardo Guimarães pertence à família de Bruno Mussi. Na hora de definir a carreira, porém, em vez de optar por Administração ou Economia para tocar o negócio da mãe, Mussi escolheu as panelas. Mas foi quando ainda cursava Gastronomia na Universidade Estácio de Sá que ele entendeu o quanto seu destino estava ligado ao colégio. Um dos pioneiros, no Rio, em trabalhar a inclusão, o Colégio Eduardo Guimarães sempre recebeu crianças e jovens com necessidades especiais.

Incomodado em ver alunos que, em casa, não sabiam sequer passar requeijão no pão, Mussi implantou aulas de culinária no curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A iniciativa foi tão bem-sucedida que impulsionou a criação da empresa júnior “Delícia de Congelado”, para a qual foram selecionados alunos do colégio, que encontraram na cozinha o caminho para a profissionalização. Com a palavra, Bruno Mussi:


Escrito por Ursula Alonso Manso

Ursula Alonso Manso

Carioca, Ursula Alonso Manso é jornalista e colabora com a revista Prazeres da Mesa. Come para viver e vive para comer - o que não significa, porém, que coloque qualquer coisa na boca. Na websérie "Brasil à Mesa", percorre de botecos a restaurantes com estrelas Michelin, sempre em busca do alimento justo, correto e, claro, saboroso.

41 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *