• O jovem Nyibol Lual, de 13 anos, ajuda a família a preparar a terra para a plantação. O Sudão do Sul, onde vivem, é um dos países mais afetados pela fome no mundo. Foto Albert Gonzalez Farran/AFP

    Publicado em

    A fome num mundo obeso

    O número estimado de pessoas malnutridas no mundo cresceu de 777 milhões, em 2015, para 815 milhões, em 2016. Países africanos respondem por grande parcela do aumento. Aqueles categorizados como famintos são hoje 11 por cento da população global. A fome se espalha por partes do Sudão do Sul há meses neste ano, e a […]

    Leia mais

  • Publicado em

    O fantasma da fome

    (Colaboração de Marcelo Kischinhevsky) – Corria o ano de 1993. O Brasil acabava de sair de um processo de impeachment e enfrentava a maior recessão da história desde a República Velha. Foi quando o sociólogo Hebert de Souza, o Betinho, lançou a Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida, um plano de ação […]

    Leia mais

  • Publicado em

    A ameaça do desperdício

    A maioria dos países ricos produz de três a quatro vezes mais que o necessário para satisfazer as necessidades alimentares de seus cidadãos. Enquanto isso, um bilhão de pessoas no mundo sofrem de desnutrição. Mas a falta de políticas de segurança alimentar provoca outras ameaças. A produção em excesso leva ao desmatamento, à depleção dos […]

    Leia mais

  • Publicado em

    A geografia do refúgio

    Relatório publicado nesta segunda-feira pela ONG Oxfam, inglesa, mostra que os países mais ricos do planeta são os que menos oferecem abrigo aos refugiados e asilados políticos do mundo. De acordo com o documento, as seis nações mais ricas abrigam pouco menos de 9% do total de refugiados. Em contrapartida, alguns dos países mais pobres […]

    Leia mais

  • OME-SUDAO-DO-SUL-AFP-ALBERT-GONZALEZ-FARRAN

    Publicado em

    Na era da comida-espetáculo

    É hora do almoço na Itália. Na televisão, surge um menino africano desnutrido aos prantos em campanhas de organizações como Médicos sem Fronteiras e Save the Children, que revelam o difícil trabalho de cuidar de crianças famintas espalhadas pelo mundo. Como comer diante da fome? É a pergunta do vencedor do prêmio literário italiano Tiziano Terzani […]

    Leia mais

  • Publicado em

    Homens, caranguejo e fome

    Setenta anos depois de despertar o país para a chaga da fome, o grande geógrafo e pensador do Brasil, Josué de Castro, continua atual. Como o primeiro intelectual brasileiro a desnaturalizar essa praga da sociedade e a denunciar que a fome é a “expressão biológica de males sociológicos” e não “produto da superpopulação”, seu sonho […]

    Leia mais

  • Enquanto o país discute o preço dos pedalinhos , mais da metade dos brasileiros continuam sem saneamento básico. A crise reduziu os investimentos nesta área e torna mais distante a redução da desigualdade

    Publicado em

    Vamos falar de política

    Nos últimos dias, dois amigos me perguntaram por que o #Colabora não falava sobre política. Estranhei a indagação. Tratamos de política quase todos os dias. Lembrei o artigo recente do professor Eustáquio Diniz sobre empoderamento das mulheres, o do Francisco Carlos sobre desigualdade, o trabalho da Simone Marinho em relação ao preconceito, o belo texto […]

    Leia mais

  • Mulher consola o filho faminto na Somália, durante o período de seca que assolou o país

    Publicado em

    Segurança alimentar, o desafio do século

    O Encontro Mundial de Alimentos de 1996, realizado pela Organização Mundial de Saúde, definiu segurança alimentar como “quando todas as pessoas, em todos os momentos, têm acesso a alimentos suficientes, seguros e nutritivos para manter uma vida saudável e ativa”. No mundo, hoje, 795 milhões de pessoas ainda passam fome. Em 1997 eram mais de […]

    Leia mais