Filhos da dor: o drama da violência sexual traduzido em números

Por Fernando Alvarus | ODS 5 • Publicada em 4 de abril de 2018 - 18:49 • Atualizada em 7 de abril de 2020 - 10:45

Por Fernando Alvarus | ODS 5 • Publicada em 4 de abril de 2018 - 18:49 • Atualizada em 7 de abril de 2020 - 10:45

Compartilhe

Ainda há muita desinformação sobre o o direito ao aborto. Foto: Sebastian Kahnert / ZB / DPA

Entre 2011 e 2016, o Brasil registrou mais de 32 mil casos de estupro de garotas entre 10 e 14 anos – 1.875 delas acabaram engravidando de seus algozes. Na maioria dos casos (68,5%),  o autor da violência que resultou em gravidez foi um parente ou alguém em quem a vítima confiava. No mesmo período (entre 2011 e 2016), 16.680 adolescentes entre 15 e 19 anos foram estupradas. Dessas, 2.387 engravidaram em decorrência do abuso. Os números são da pesquisa “Estupro e gravidez de adolescentes no Brasil: características e implicações na saúde gestacional, no parto e no nascimento”, do Ministério da Saúde. Veja alguns outros dados do estudo nos gráficos assinados por Fernando Alvarus.

Fernando Alvarus

Fernando Alvarus é mestre em Design pela Escola Superior de Desenho Industrial - Esdi/Uerj. Infografista – O Globo, 1988/1994. Chefe de estúdio – gravadora PolyGram (atual Universal), 1994/1995. Subeditor de Arte – O Dia, 1995/1996. Editor-assistente de Arte – O Globo, 1996/2014. Editor de infografia – jornal Brasil Econômico, 2014/2015. Atualmente designer/infografista freelancer.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *