Nas telas do Velho Chico

Por André Teixeira | fotogaleria ods9 • Publicada em 3 de outubro de 2016 - 16:01 • Atualizada em 3 de outubro de 2016 - 21:58

31/08/2016 – São Francisco (Minas gerais) – Cinema no rio São Francisco – cenas da cidade de São Francisco e projeção no bairro Sagrada Família – Foto André Teixeira

O processo é rápido: em menos de cinco minutos, inflado pelo ar de um compressor, o plástico azul e branco ganha volume e se ergue do chão da praça. Às margens do rio São Francisco, uma tela de oito metros de largura por 3,60 de altura toma forma e vira atração. É nela que, horas mais tarde – em alguns casos, somente depois da missa –, o cinema chega à população de cidades de nomes desconhecidos, como Itacarambi e Pedras de Marias da Cruz, ou curiosos, como Ponto Chique e Cachoeira do Manteiga, todas em Minas, na região do Médio São Francisco. Clique ou toque na imagem para ver a fotogaleria e conhecer um pouco mais dessa história. Se estiver usando o celular, prefira a visualização horizontal.

Cine São Francisco

Compartilhe

André Teixeira

Formado em Jornalismo pela UFRJ, começou a carreira como estagiário de O Globo, em 1990. Dois anos depois, passou a trabalhar como free-lancer para empresas como Sebrae, Petrobras, Coca-Cola e Unisys. Em 98, voltou ao Globo, como repórter-fotográfico, e, em 2011, passou a atuar como editor assistente de fotografia. Atualmente escreve e fotografa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *