Compartilhar, , Google Plus, Linkedin, Whatsapp,

Imprimir

Publicado em

Os encantos e mistérios das florestas urbanas do Rio de Janeiro

Na Tijuca, na Pedra Branca ou em Grumari: fotogaleria de Custodio Coimbra mostra que todo carioca é vizinho ou cúmplice de alguma floresta


Cercada por algumas das maiores florestas urbanas do mundo, a cidade parece pequena. A malha de mata verde vira uma espécie de cobertor, um tapete, formando uma proteção que cobre de alimento e energia quem mora no Rio de Janeiro. Começando no mar, ela foi recortando e se espraiando pelas encostas acima. Das favelas aos palacetes, o carioca se acostumou ao som do tucano entre centenas de outros. Conversa com os macacos, com os quatis, com as plantas.

Veja também: Você já parou para pensar que o Rio de Janeiro é uma grande obra de arte?

Os mistérios da fauna e da flora estão ao alcance dos olhos. Sol e chuva, luz e movimento, momentos efêmeros que mudam a cada instante, mas se tornam eternos na sua grandiosidade, apesar de sua fragilidade. Todo carioca é vizinho e cúmplice de alguma floresta e desfruta seu convívio, seu encanto. Na Tijuca, na Pedra Branca ou em Grumari. Mapas, copas, curvas, rendas, rios. Incontáveis cachoeiras, que, ali, são a nossa praia. Assista ao vídeo acima e confira imagens belíssimas de florestas urbanas tiradas pelo fotógrafo Custodio Coimbra.

Clique aqui para conferir outros vídeos com fotogalerias de Custodia Coimbra


Escrito por Custodio Coimbra

Fotógrafo de imprensa há 36 anos, Custodio Coimbra, 61 anos, passou pelos principais jornais do Rio e há 25 anos trabalha no jornal O Globo. Nascido no Rio de Janeiro, é hoje um artista requisitado entre colecionadores do mercado de fotografia de arte. Além de fotos divulgadas em jornais e revistas mundo afora, participou de dezenas de mostras coletivas no Brasil e no exterior. Tem sua obra identificada com a história e a paisagem do Rio de Janeiro.

38 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *