Entre 2011 e 2016, o Brasil registrou mais de 32 mil casos de estupro de garotas entre 10 e 14 anos – 1.875 delas acabaram engravidando de seus algozes. Não se sabe quantas dessas gestações foram até o fim. Mas o fato é que meninas que tiveram a infância usurpada pelo abuso sexual, além de lidar com as consequências do trauma, como a depressão, descobriram que carregavam no ventre um fruto da dor. Nesta série de reportagens conheça essas histórias nascidas de uma violência que o Brasil precisa tirar das sombras.

Equipe responsável

 

[_g1_row] [_g1_1of3] [_g1_1of3] [_g1_1of3]