• Palácio do Samba, quadra da Mangueira: escola é a referência do morro (Foto: Oscar Valporto)

    Publicado em

    #RioéRua: resistência verde-e-rosa

    Sábado das campeãs de 2019, sol forte e ando pela Visconde de Niterói, no pé do Morro da Mangueira, em busca do movimento que está na minha memória de um Carnaval de 35 anos atrás. Não, não era sábado – e, naquela primeira folia comandada por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro na recém-inaugurada Passarela do […]

    Leia mais

  • Prainha de São Francisco sob chuva (Foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    #RioéRua: chuva e baixo astral

    Este #RioéRua surgiu do reencontro de um carioca com sua terra depois de oito anos, como uma forma de celebrar a cidade que, impulsionada pela geografia, a natureza e o clima, empurra seus moradores para fora dos ambientes fechados, para a mistura das ruas. É fevereiro, o Rio está cheio de visitantes, a cidade se […]

    Leia mais

  • A paisagem quase desértica, com a "duna" de areia retirada do canal (Foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    #RioéRua: a frustração de Alah

    Leio em algum lugar que a revitalização do parque do Jardim de Alah é mais um dos projetos frustrados da prefeitura: era para ser uma parceria com a iniciativa privada que promoveria um evento neste privilegiado local entre o mar e a lagoa, entre Ipanema e Leblon.  Não foi o primeiro plano que não deu […]

    Leia mais

  • A imagem de São Sebastião em sua igreja no Rio: não foi o santo que deu nome à cidade (foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    Sebastião e os Tupinambás

    Quando fundou a cidade no dia 1º de março de 1565, na praia de Fora, entre os morros Cara de Cão e Pão de Açúcar, o capitão Estácio de Sá, enviado à Baía de Guanabara para barrar a ocupação francesa, deu ao incipiente vilarejo o nome de São Sebastião do Rio de Janeiro – não […]

    Leia mais

  • A obra colaborativa do artista chileno começou com as cores da bandeira (Foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    #RioéRua: degraus da fama

    Virada do ano, cidade cheia, ocupação dos hotéis batendo em 90%. E onde os turistas querem ir? A lista sai das praias e da Floresta da Tijuca, essas benesses que a natureza nos deu, passa pelo Pão de Açúcar e seu bondinho e o Cristo Redentor do Corcovado, colaborações do homem à paisagem, e inclui, […]

    Leia mais

  • Apesar de do noticiário, na Urca o otimismo pode surpreender o andarilho (Foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    #RioéRua: otimismo na Urca

    Estamos em dezembro, e rascunho a última coluna do ano na mureta em frente ao Bar Urca a poucos metros da entrada da Fortaleza de São João. É um bairro com jeito de área militar na semana em que o presidente eleito, um ex-militar, anuncia o sexto ou sétimo militar para seu ministério. São tempos […]

    Leia mais

  • Pelo Cais do Valongo, em apenas 20 anos, passaram pelo menos 500 mil escravos. Foto Oscar Valporto

    Publicado em

    Memória e história maltratadas

    Novembro chega e, com ele, um convite para a solenidade de tombamento pelo Inepac (Instittuto Estadual do Patrimônio Cultural) do Cais do Valongo – sítio arqueológico descoberto na Gamboa durante as obras no porto para os Jogos Olímpicos 2016. Pelo Cais do Valongo, em apenas 20 anos, passaram pelo menos 500 mil escravos, parte significativa […]

    Leia mais

  • Resistência ao fascismo no campus da Praia Vermelha: prédio já demolido no local foi palco de massacre na ditadura (Foto Oscar Valporto)

    Publicado em

    Os focos de resistência

    Outubro de 2018 termina no Brasil com um presidente eleito que promete fazer o país voltar a ser como 50 anos atrás – esta foi uma de suas muitas ameaças, em um mês marcado por frases cheias de intolerância, ódio e mentiras. Além de buscar inspiração nas ruas para resistir, agora e nos anos futuros, […]

    Leia mais

  • Na porta da tradicional Fábrica Bangu, o desânimo com as eleições deste ano. Foto Oscar Valporto

    Publicado em

    Eleição 'à Bangu'

    “Nelson, Danton e Farah/Pra senadores/Nós vamos votar”. Este é o refrão do jingle eleitoral mais antigo de que me lembro, da campanha de 1970, em plena ditadura – aos 9 anos, eu não tinha a menor noção de política. Se tivesse, saberia que a eleição para governador era indireta, que o então Estado da Guanabara […]

    Leia mais