Ajor comemora 1 ano de fundação no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Mais de 80 veículos digitais de jornalismo já estão filiados à associação após seu primeiro de atuação

Por #Colabora | ODS 16 • Publicada em 3 de maio de 2022 - 20:52 • Atualizada em 5 de maio de 2022 - 10:39

Compartilhe

Este 3 de maio – data em que é celebrado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa para relembrar a importância da defesa do jornalismo profissional para uma sociedade mais justa e democrática – também marca o aniversário de um ano de fundação da Ajor (Associação de Jornalismo Digital), organização que já reúne 82 veículos digitais de todo o país.

“Vínhamos acompanhando há anos o surgimento de muitas organizações jornalísticas nativas digitais pelo Brasil afora, que promovem um jornalismo sério e independente. Ficamos muito felizes, no Centro Knight, quando líderes de algumas dessas organizações nos pediram ajuda na formação de uma associação, aproveitando nossa longa experiência dar assistência a jornalistas latino-americanos na formação de associações, como a Abraji no Brasil ou a Fopea na Argentina”, lembrou o professor Rosental Calmon Alves, fundador do Centro Knight.

Em 2021, com apoio do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, 30 iniciativas de jornalismo digital se reuniram para criar a Ajor, uma organização pioneira focada no jornalismo nativo digital — um ecossistema em constante ampliação e diversificação e que está fazendo a diferença na redução dos desertos de notícias e ampliação do acesso à informação. De acordo com o novo Atlas da Notícia, o segmento online já lidera o jornalismo local no Brasil.

“Graças a uma subvenção da Google News Initiative, tivemos a honra de poder trabalhar por meses, assessorando e dando o primeiro empurrãozinho para formação da Ajor. Estamos muito orgulhosos ao ver os impressionantes resultados do primeiro ano da Ajor, que se consolidou rapidamente como uma associação independente, comprometida com princípios éticos, com a diversidade, com a democracia e com a autossustentabilidade de suas associadas”, acrescentou o professor Rosental Alves.

Para Guilherme Alpendre, vice-presidente do conselho da Ajor, o surgimento da organização foi um passo importante para o reconhecimento de iniciativas de mídia digital, de organizações de jornalismo periférico e também das que atuam fora do eixo Rio-SP. “Faz parte da nossa missão dar visibilidade ao trabalho destes meios, que é de altíssima qualidade, e ajudar na construção de redações mais profissionais e sustentáveis”, afirmou.

Durante seu primeiro ano de funcionamento, a Ajor teve foco na sua apresentação institucional e constituição de uma rede de parceiros, além da prospecção de novas associadas e consolidação da sua estrutura e equipe. Por meio do site e das redes sociais, a organização se posicionou em relação a diversas situações que impactam diretamente o ecossistema de jornalismo digital e seus profissionais.

Nesse período, a associação também começou a desenvolver projetos, sempre com o objetivo de promover o jornalismo de qualidade e apoiar suas associadas. Conheça algumas das iniciativas que marcaram a trajetória da Ajor e de seus associados neste primeiro ano:

*Conversas em Off: Com o objetivo de promover debates e servir como um ponto de encontro e colaboração para associadas, a Ajor promove encontros virtuais nos quais membros dos veículos e convidados de organizações parceiras dividem relatos e experiências. Até o momento, a organização promoveu 15 encontros de diversas temáticas: “Como mensurar o impacto do jornalismo”, “Introdução a estratégias de produto no jornalismo”, “Publicidade programática e Google Ads”, “Como fazer uma boa newsletter”, entre outros.

*#DiadeDoar: campanha de financiamento articulada com 26 organizações associadas, com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade. As ações para estimular as doações foram feitas nos perfis de redes sociais das organizações de jornalismo, sempre usando a hashtag #diadedoar. A ideia foi motivar os leitores a contribuírem financeiramente para que o trabalho dessas organizações se sustente e seja ampliado.

*Acelerando a Transformação Digital: o programa foi desenvolvido em parceria com o International Center for Journalists (ICFJ) e com o apoio do Meta Journalism Project, e oferece mentoria e recursos para ajudar empreendedores de mídia a construir modelos de negócios inovadores e desenvolver habilidades de gestão. O conteúdo do programa focado em iniciativas digitais foi construído a partir dos resultados de uma pesquisa com associadas da Ajor. Na sua primeira fase, os participantes passaram por 12 sessões de treinamento on-line com especialistas. E na etapa seguinte, que está em curso agora, 15 organizações foram selecionadas para receber coaching estratégico e tático com especialistas do setor e um fundo de US$15.000 por organização.

*Festival 3i 2022: Em 2022, a organização do Festival 3i, um dos principais eventos da América Latina voltado especialmente para a inovação e o empreendedorismo no jornalismo digital, foi realizada pela Ajor. A programação da edição foi online, gratuita e multiplataforma, distribuída pelo site do 3i e também por meio das redes sociais. A estrutura foi formada por meio de cinco trilhas temáticas que guiam as mesas e painéis com convidados: democracia, diversidade, distribuição, empreendedorismo e meio ambiente. Além disso, outros conteúdos exclusivos, como vídeos e podcasts, foram disponibilizados durante os dias do evento. Ao longo de uma das mesas do Festival, também foi lançado o curso “Jornalismo Empreendedor: Estratégias de Sustentabilidade para Meios Digitais Independentes”, novo curso gratuito do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, em parceria com a SembraMedia e a Ajor.

*Google Web Stories: 30 associadas da Ajor foram convidadas pela Google News Initiative para um projeto de aperfeiçoamento e remuneração para veículos jornalísticos digitais que estão implementando o formato Web Stories em suas produções. A iniciativa ajudou estes no desenvolvimento de novos produtos e no aumento do alcance e audiência para estas plataformas, além de servir como mais uma fonte de recursos. Conheça alguns dos resultados.

*A associação está com diversos projetos previstos e já em etapa de planejamento para seu segundo ano. “Em 2021, o foco foi apresentar a entidade ao ecossistema do jornalismo e a sociedade. Marcando esse novo momento, estamos com diversas iniciativas importantes em execução ou em fase de implantação, enlaçadas nos nossos eixos de trabalho: diversidade, profissionalização e defesa do jornalismo e da democracia. Essas ações são direcionadas a impulsionar e dar robustez às associadas, principalmente em um ano marcado pelo pleito eleitoral”, ressalta Géssika Costa, coordenadora de projetos da Ajor.

#Colabora

Texto produzido pelos jornalistas da redação do #Colabora.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile