Alternativas sustentáveis para substituir o absorvente descartável

No novo episódio de “Sustentabilidade na Prática”, descubra as vantagens do coletor menstrual, do absorvente de pano e da calcinha absorvente para a saúde íntima e meio ambiente.

Por Isabela Carvalho | ODS 12Vídeo • Publicada em 26 de abril de 2021 - 16:50 • Atualizada em 30 de abril de 2021 - 17:54

Compartilhe

Que tal conhecer as opções para o seu ciclo menstrual que não geram toneladas de lixo químico para o meio ambiente? O #Colabora selecionou, no vídeo acima, algumas alternativas para substituir seu absorvente descartável. No novo episódio de “Sustentabilidade na Prática”, descubra as vantagens do coletor menstrual, do absorvente de pano e da calcinha absorvente para a saúde íntima.

Clique aqui para ver outros episódios da websérie Sustentabilidade na Prática

Estima-se que uma mulher faz uso de cerca de dez absorventes descartáveis plásticos em cada ciclo menstrual, e de dez mil a 15 mil da puberdade até a menopausa.  A consequência é a geração de aproximadamente 150 quilos de lixo (por mulher), que levarão de 100 a 500 anos para se decompor. No Brasil, não há reciclagem de absorventes: com isso, calcula-se que, se todas as brasileiras usassem absorventes descartáveis, seriam 15 bilhões de absorventes por ano que terminariam em aterros sanitários e lixões.

Isabela Carvalho

Isabela Carvalho é estudante de Jornalismo na PUC-Rio. Cria de Anchieta, construiu sua trajetória a partir da passagem por múltiplos cenários e contextos do Rio de Janeiro, convivendo com diversos meios culturais que abriram sua cabeça para o diferente e o novo. Acredita na potência transformadora da produção midiática ativista e consciente, e gosta de atuar nas áreas de criação e edição de conteúdo multimídia, experimentando possibilidades de linguagem e formato.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile