• Publicado em

    Cinco vezes Clara Nunes

    Clara Nunes (1942-1983) é uma das maiores e mais importantes estrelas da canção popular do Brasil de todos os tempos. Iluminada, sua obra atravessa gerações. É rica em poesia e extremamente relevante e simbólica por tratar de  questões silenciadas na sociedade brasileira em período controverso, pautado pela anulação dos direitos civis. Clara converteu o canto […]

    Leia mais

  • Homenagens na esquina do Estácio onde Marielle e Anderson foram executados. Foto Oscar Valporto

    Publicado em

    Uma encruzilhada no Estácio

    Uma semana de luto por Marielle Franco e Ânderson Gomes: procuro uma camisa preta e sóbria para o ato ecumênico.  Encontro uma nova só com #Samba, que me cai bem. No caminho do trabalho, vou lendo notícias sobre o crime bárbaro, executado praticamente ao lado da estação do metrô. “Se alguém quer matar-me de amor, […]

    Leia mais

  • O pessoal do bloco "Que pena, amor", criado em homenagem à banda Raça Negra. Foto Leo Nakamura

    Publicado em

    O que faz alguém fundar um bloco?

    Há mais ou menos um ano, um grupo de amigos que fiz na oficina do bloco “Terreirada Cearense” me veio com um convite inusitado: criar um bloco que fizesse uma homenagem à banda Raça Negra. Fundamos o “Que pena, amor”, com um bando de músicos amadores, e assim abriu-se um longo e árduo caminho de […]

    Leia mais

  • O sapateiro Pedro Augusto da Silva com um exemplar da sandália grega, com até oito fivelas, a preferida das musas do Carnaval. Foto Bárbara Pereira

    Publicado em

    O protetor do samba no pé

    Quem nasceu para fazer salto alto não se contenta com Scarpin. Tudo bem que foi produzindo sapatilhas que Seu Pedro começou no ofício que hoje dá a ele o reconhecimento de fazer o melhor calçado para quem tem samba no pé. O artesão é um dos principais produtores de sandálias e sapatos de passistas da […]

    Leia mais

  • Publicado em

    Vai passar o Carnaval político

    De 1932 a 2017, a coleção de 86 desfiles das escolas de samba cariocas apresenta muito mais celebração do que crítica, muito mais adesão do que oposição, muito mais exaltação do que denúncia. Assim, a maratona que começa na noite deste domingo garante um recorde – quatro das 13 escolas que vão passar na Sapucaí […]

    Leia mais

  • A homenagem das baianas da Mocidade Alegre à mangueirense Evelyn Bastos. Reprodução/Facebook

    Publicado em

    A (outra) capital do samba

    Poetinha, meu prezado, que saudade! Mas mando-lhe esta para informar: um de seus aforismos mais famosos ficou anacrônico. Desatualizado. Como se diz hoje em dia, necessitado de um update. Sabe quando você, para aconselhar o amigo Johnny Alf a se mudar para o Rio, chamou São Paulo de “túmulo do samba”? Muita coisa mudou desde […]

    Leia mais

  • Sabrina Sato, rainha de bateria da Vila Isabel. Foto de Eduardo Hollanda

    Publicado em

    Rainhas próximas dos súditos

    Penápolis, no interior de São Paulo, está a 905 quilômetros da Passarela do Samba, e Vila Formosa, na Zona Leste paulistana, a 429 quilômetros da Marquês de Sapucaí. Em comum, os dois endereços improváveis forneceram integrantes estreladas para a comunidade do samba carioca, ajudando a redefinir as noções de (como se diz hoje em dia) pertencimento e comunidade da festa. De lá, […]

    Leia mais