Compartilhar, , Google Plus, Linkedin, Whatsapp,

Imprimir

Publicado em

O império das boas ações

Quinta da Boa Vista recebe evento que reúne 50 ONGs voltadas a iniciativas para fazer o bem


O Grupo Tambores de Olokum fará o show de encerramento. Foto de Kelly Lima
O Grupo Tambores de Olokum fará o show de encerramento. Foto de Kelly Lima

O parque da diversidade carioca abrigará neste domingo o evento que vai na contramão da cidade intolerante e individualista. A Quinta da Boa Vista, o antigo endereço da família imperial, servirá de endereço à terceira edição do Dia das Boas Ações, jornada que reúne 50 ONGs voltadas a fazer o bem em variados aspectos. Haverá ainda a oportunidade para participar de atividades durante a semana, por toda a cidade.

O Dia das Boas Ações é um movimento global de voluntariado que envolveu na edição de 2017, 93 países, 2,5 milhões de pessoas e 13 mil projetos. No Rio e em São Paulo foram realizadas, ano passado, 186 ações com 4.025 voluntários que atingiram 31 cidades

Promovido pelo Atados – iniciativa social que conecta pessoas e organizações, para facilitar o engajamento em oportunidades de voluntariado –, o Dia das Boas Ações terá oficinas, debates, shows e apresentação de trabalhos que incentivam a inclusão e o diálogo entre diferentes setores da sociedade. O evento foi concebido para crianças e adultos – ou seja: é para levar a garotada.

Abertura e fechamento do dia serão com muita música. Às 9h, começa a apresentação da Orquestra de Vida e Percussão, formada por crianças da Associação Vida no Crescimento e na Solidariedade (Avicres). No fim, o incrível Tambores de Olokum promete uma grande performance, às 16h30, para eletrizar a Quinta.

A programação estará dividida por espaços (veja a lista completa). ONGS e estandes ficará no Espaço Atados. No setor de Sustentabilidade e Consciência, acontecerão aulas de yoga da Arte de Viver e uma oficina de criação de postes de luz sustentáveis da ONG Litro de Luz. O Espaço Oficinas é autoexplicativo. No Economia Solidária cinco oficinas de artesanato oferecerão lições de empreendedorismo, enquanto o Espaço Crianças será o local do evento destinado a brincadeiras com o grupo Corre Cutia, contadores de histórias e apresentações de circo. Os temas que estão sendo discutidos no Brasil atual ocuparão o Espaço Diálogos, com vários debates, numa reunião que pretende celebrar a diversidade de pensamento. Por fim, o Espaço Gastronomia fará a boa ação de matar a fome de quem for participar.

O Grupo Corre Cutia: atividades para as crianças. Foto de divulgação
O Grupo Corre Cutia: atividades para as crianças. Foto de divulgação

O Dia das Boas Ações é um movimento global de voluntariado que envolveu na edição de 2017, 93 países, 2,5 milhões de pessoas e 13 mil projetos. No Rio e em São Paulo foram realizadas, ano passado, 186 ações com 4.025 voluntários que atingiram 31 cidades.

Mas seria improdutivo se pensamento tão nobre ficasse restrito a um dia e local. Assim, a semana de 16 a 22 de abril será ocupada por aproximadamente 40 atividades em em bairros das zonas Sul e Zona Norte e da Baixada Fluminense, sob supervisão de 30 ONGS. A expectativa é reunir cerca de 1.500 voluntários no Rio. “O evento é um convite para as pessoas se engajarem em ações de transformação da sociedade. Por meio da participação social e das ONGs cariocas é possível seguirmos juntos na direção de uma sociedade mais justa”, convoca Rosa Diaz, coordenadora da Atados no Rio.

Então, todo mundo na Quinta, porque o Rio e o mundo estão precisados de boas ações.


Escrito por Aydano André Motta

Aydano André Motta

Niteroiense, Aydano é jornalista desde 1986. Especializou-se na cobertura de Cidade, em veículos como “Jornal do Brasil”, “O Dia”, “O Globo”, “Veja” e “Istoé”. Comentarista do canal Sportv. Conquistou o Prêmio Esso de Melhor Contribuição à Imprensa em 2012. Pesquisador de carnaval, é autor de “Maravilhosa e soberana – Histórias da Beija-Flor” e “Onze mulheres incríveis do carnaval carioca”, da coleção Cadernos de Samba (Verso Brasil). Escreveu o roteiro do documentário “Mulatas! Um tufão nos quadris”. E-mail: aydanoandre@gmail.com. Escrevam!

52 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *