• O prefeito João Dória apaga, pessoalmente, parte dos grafites da Avenida 23 de maio , em São Paulo. Foto de Suamy Beydoun/AGIF

    Publicado em

    A guerra do spray paulista

    Uma parede em branco é um desperdício de ideias, dizia Paulo Leminsky (1944-1989). Por que citar um poeta em uma matéria sobre grafites? Porque as duas manifestações artísticas (sim, grafite é arte) andavam de mãos dadas nas primeiras intervenções urbanas em São Paulo, que hoje voltam a ser alvo de polêmica na cidade que começa […]

    Leia mais