• Publicado em

    Mariana: vidas soterradas

    O maior desastre ambiental do país completa um ano neste sábado (5/11). O relógio marcava 15h30 quando o rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana, lançou 40 bilhões de litros de lama, matou 19 pessoas, criou um rastro da destruição e tingiu o rio Doce de marrom. À medida que o tempo passa, o desastre […]

    Leia mais

  • Agua em Gesteira. Foto de Andre Teixeira

    Publicado em

    Respirando pó de lama

    É um vai e vem de caminhões sem fim. Não para nem à noite, quando os moradores de Barra Longa vão dormir. Distante 172 quilômetros de Belo Horizonte, ela é uma das 30 cidades atingidas pela lama de rejeitos da Samarco. O tráfego intenso de veículos pesados desfez até o asfalto das ruas – refeito, […]

    Leia mais

  • Bento Rodrigues. Foto de André Teixeira

    Publicado em

    Ocupação simbólica

    Antecipando os protestos previstos para ocorrer no sábado, quando completa um ano do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, moradores do primeiro vilarejo atingido pela lama da Samarco ignoraram a chuva fina e, com enxada na mão, ocuparam simbolicamente a nova Bento Rodrigues. Incomodados com a lentidão do processo de reassentamento definitivo dos atingidos pelo […]

    Leia mais

  • Acidente da Samarco. Foto de Andre Teixeira

    Publicado em

    Tragédia processual

    O maior desastre ambiental do país se transformou em uma tragédia processual. Às vésperas do primeiro ano do rompimento da barragem de Fundão, a Samarco vem se beneficiando do emaranhado burocrático e do jogo de empurra-empurra para saber de quem é a competência para julgar as ações envolvendo a empresa, já que o dano superou […]

    Leia mais

  • Arvore com a marca da lama. Foto de Andre Teixeira

    Publicado em

    Cidade dos homens

    Só restaram cinco moradores em Paracatu de Baixo. Todos homens. O vilarejo situado a 66 quilômetros de Mariana, há praticamente um ano virou uma cidade fantasma. Depois de destruir Bento Rodrigues, a avalanche de lama de rejeitos minerais da Samarco demorou cerca de quatro horas para atingir o povoado. O anúncio do rompimento da barragem […]

    Leia mais

  • Publicado em

    Retratos da destruição

    No início de novembro, o rompimento da barragem de Fundão completa um ano. As marcas da destruição estão expostas em Bento Rodrigues, a primeira vila atingida pela enxurrada de lama. Os troncos das árvores estão tingidos de uma cor barrenta, o que sobrou da escola municipal de Bento Rodrigues está tomado por mato, objetivos pessoais […]

    Leia mais

  • Bento Rodrigues. Foto de André Teixeira

    Publicado em

    Vila de escombros

    Placas estrategicamente distribuídas por Bento Rodrigues, o primeiro povoado na rota do vazamento da barragem de Fundão, da Samarco, indicam a iminência do perigo. “Ao ouvir a sirene evacue a área”, diz o letreiro, sob o título segurança, escrito em letras garrafais. Se o aviso estivesse lá no dia 5 de novembro de 2015, quando […]

    Leia mais

  • Barragem de Fundao. Foto de Doug Patrocio/ Brazil Photo Press/ AFP

    Publicado em

    No limite da insegurança

    É consenso que o início do período chuvoso vai provocar um deslocamento dos rejeitos de minérios provenientes do rompimento da barragem da Samarco, conhecida como Fundão. Com base no laudo divulgado ontem pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), a presidente do órgão, Suely Araújo, não descarta o risco de […]

    Leia mais