• Tânia Bisteka e Lígia Mello, unidas pelo fervor a São Jorge. Foto Claudia Silva

    Publicado em

    Pequenos milagres de Jorge

    A megalópole intolerante e estressada, mesquinha e carrancuda, que exige silêncio diante da alegria alheia, se esvanece no sonho de uma rua da Zona Norte, no dia do padroeiro informal. A via fechada aos carros cruzou a tarde chuvosa do 23 de abril embalada no amor a São Jorge (Ogum, no sincretismo indispensável), ao sabor […]

    Leia mais