• Para Belchior, com aquele jeitão meio Bob Dylan, meio Antônio Conselheiro, palavras são navalhas. Era impossível cantar sem ferir alguém. Foto Jeso Carneiro

    Publicado em

    Festa para o trovador

    Talvez não soubéssemos que amávamos tanto Belchior e suas canções, mas bastou uma rápida convocação para que em torno de cem pessoas fossem parar, na noite de domingo, num sobrado no Largo de São Francisco da Prainha, numa improvisada festa em homenagem ao cantor-compositor e aos nossos sonhos e desilusões. Lá houve uma espécie de […]

    Leia mais